Ilha Grande

Tenho reparado que muita gente que vem ao Rio aproveita para conhecer Ilha Grande. Eu super recomendo. É um dos meus lugares preferidos aqui por perto. Antes de ir é preciso entender cada parte da Ilha.

Ilha_Grande_mapa

Eu gosto deste mapa porque ele é bem fácil de entender. De qualquer forma, é só colocar ilha grande trilhas ou ilha grande mapas no Google que já achamos muitas opções. O ponto mais comum e turístico da Ilha é a VIla de Abraão, que seria o centrinho. Lá que estão todos os restaurantes, pousadas, agências de turismo, mercadinho, etc. Então se você prefere o conforto (ou se estiver ameaçando chuva) este é o lugar para você. Neste post vou falar de Abraão, depois escrevo sobre as outras praias.

Como chegar lá? Saindo do Rio de ônibus é preciso comprar a passagem da Costa Verde, o ônibus sai da rodoviária 5h da manhã. No site tem que selecionar o destino Rio Mangaratiba. Chegando em Mangaratiba a barca para Abraão sai 8h da manhã e leva em torno de 2h para chegar na Ilha. Na volta, a mesma barca sai de lá 17:30 e já é sincronizada com o ônibus das 19:25 (se o ônibus ou a barca atrasarem, não se preocupe, eles esperam um pelo outro). Um caminho que nunca fiz é ir até Conceição de Jacareí e pegar uma escuna de lá. Enquanto a barca custa R$4,50, a escuna chega a R$20 por pessoa, mas, obviamente vai mais rápido.

Trilhas e praias:
Pertinho de Abraão tem a cachoeira da feiticeira e o poção. A trilha pra o poção é fácil, já para a feiticeira é mais puxada, mas nada inviável, dá pra ir. No caminho existe a praia ali de Abraão mesmo com uma prisão abandonada. Acho esse um bom programa pro primeiro dia se estiverem cansados.

Outra trilha tranquila é para Abraãozinho. A trilha quase não sobe, é praticamente um caminho que vai passando por diversas prainhas pequenas. As primeiras delas tem bar que toca música e vende cerveja, mas as praias não são lá grande coisa. A Ilha tem outras mais impressionantes.

Palmas (o início da trilha é o mesmo para Abraãozinho, mas para Palmas continue subindo) é uma praia gostosa. Tem alguns poucos campings mais reservados e um restaurante em que tudo é de morango. A trilha é cansativa, mas dá pra ir em 1h mais ou menos. Eu fui parando mas cheguei la. Mas sugiro não parar em Palmas muito tempo pois no fim da praia começa a trilha para pouso. Pouso é uma prainha que tem um restaurante e uma pousada e de lá, mais 15 minutinhos de trilha e se chega em Lopes Mendes.

Lopes Mendes é uma das melhores praias do mundo (e olha que conheço muita praia por ai). Água cristalina, areia branquinha, sombra de árvore. Tá bom pra vocês? A única dica é levar comida e água, se não vocês vão depender dos ambulantes que vendem água e sanduíche a R$10. O melhor é que na volta muitos barcos e taxi boats fazem o caminho de volta à Abraão por R$15. A dica é nunca agendar um taxi boat depois do horário do barco principal.

Dois Rios é uma praia linda, mas tem que ir disposto a andar. São 4km de subida depois 4km de descida em estrada com chão de pedrinhas. A chance de você conseguir uma carona na ida ou na volta é bem pequena. Ou seja, tênis e água são essenciais. Em último caso é possível ligar para os bombeiros de um orelhão e eles vêm te resgatar (se vc torcer o pé por exemplo, ou algo do tipo). Lá em Dois Rios tem um campus de biologia marinha da UERJ e também uma prisão abandonada – por onde fugiu o Escadinha.

De Abraão também dá para ir ao Pico do Papagaio. Mas pra lá eu nunca fui. Dizem que a trilha é muito pesada e precisa de guia.

Passeios de barco:

Uma opção para um dia mais relax (ou para aqueles que não estão afim de uma trilha) é fazer os passeios de barco. Todas as agências de turismo vão assediar vocês, e quase todas vendem passeios nos mesmos barcos. A dica é ir mesmo com barcos de agência, porque motoristas que fazem viagens avulsas não necessariamente cuidam bem de seus barcos. Nenhuma tragédia pode acontecer, mas você pode acabar perdendo um dia em Ilha Grande preso no mar.

Existem dois tipos de passeio principal, a meia volta na Ilha – que cobre as lagoas azul e verde e praias pelo caminho. O outro passeio é a volta na ilha. Eu já fiz os dois. A volta na Ilha é mais interessante porque, além de durar mais tempo, leva as pessoas para o outro lado (Aventureiro, Parnaioca) que é lindo lindo lindo. Também existe um passeio para o sul, que vai somente para estas praias mais distantes, mas ele depende das condições do mar para acontecer, eu imagino que também valha muito a pena. A meia volta custa em torno de R$70 por pessoa e a volta na Ilha custa R$150 (sim, caro, eu sei, mas vale a pena).

De noite é só andar pela praia que vocês vão encontrar barzinhos e restaurantes gostosos, muitas vezes com música ao vivo.

Boa viagem!

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: