Almoço no BG

Já escrevi para vocês sobre o BG (Baixo Gávea) à noite. Mas ontem publiquei no Instagram (@cariocaguia) sobre almoçar no Braseiro. Achei que o almoço no BG merecia um post todinho pra ele.

Vou começar falando que a Gávea tem muitas opções, mas hoje vou falar sobre os restaurantes da Praça Santos Dumont (BG). Em resumo você pode ir até lá para comer algo gostoso nos restaurantes clássicos ou pode aproveitar e lançar logo a PICANHA. Sim, um clássico carioca, rachar uma picanha entre amigos.

Vamos falar primeiro do Hipódromo. O restaurante tem vantagens. Muita gente considera a comida de lá a mais gostosa. O prato executivo serve duas pessoas e custa R$24. É possível pedir arroz de brócolis no executivo (o que outros da região não permitem). Um dos pratos do dia é uma alcatra delícia. E, claro temos a picanha, que serve quatro pessoas, custa em torno de R$100. Maaaaaas, prepare-se para um serviço carioca clássico, daqueles que você precisa implorar para ser atendido.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Logo em frente está o Braseiro (que, particularmente, é meu preferido). Como comentei no Instagram, o prato executivo (arroz, feijão, farofa, batata frita e uma carne) serve duas pessoas e custa R$24. Já para quem está no clima de se sentir carioca, sugiro a picanha, que serve três pessoas e custa em torno de R$100. No Braseiro pode pedir para os garçons tirarem foto da sua mesa, o que não é muito carioca, mas eles já estão tão acostumados que dizem que são fotógrafos de segunda profissão.

O próximo bar é o Marquês. Por mais que eu considere o melhor lugar para chopp da região, o almoço é bem simples e honesto. Custa um pouco menos de R$20 e você monta seu prato dentro das opções oferecidas. É um clima bem caseiro.

Lá no fim da praça fica o Garota da Gávea. Como todos os Garotas já é quase um ponto turístico. Aqui a comida é mais cara do que nos outros restaurantes e o prato executivo só dá pra um. Mas a picanha na chapa tem a grande vantagem de vir na chapa. Nada mais carioca do que aquele fumacê de chapas em que cada um vai preparando sua própria picanha.

Bom apetite! 🙂

Como chegar: ônibus do metrô, qualquer linha que venha para o Jockey Club. Peça ao motorista do ônibus para deixar você no ponto do Jockey ou do Baixo Gávea (é o mesmo ponto).

Anúncios

3 responses to this post.

  1. […] almoço temos a opção de Braseiro da Gávea (voltando da Joatinga) para comer uma Picanha à Brasileira no esquema! Voltando do Leme, os […]

    Responder

  2. […] almoço temos a opção de Braseiro da Gávea (voltando da Joatinga) para comer uma Picanha à Brasileira no esquema! Voltando do Leme, os […]

    Responder

  3. […] almoço temos a opção de Braseiro da Gávea (voltando da Joatinga) para comer uma Picanha à Brasileira! Voltando do Leme, os restaurantes ali […]

    Responder

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: