Parque das ruínas

O Parque das Ruínas é um lugar mágico que fica em Santa Teresa. Ele tem um casarão que foi abandonado (ruínas) e uma vista incrível. Como não podia ser diferente no Rio, tem muita história por trás do parque. Vamos conhecer.

O casarão era o palacete do Joaquim Murtinho Nobre que foi Ministro da Fazenda do governo Campos Sales (1898-1902). Mas quem morou mesmo no palácio foi Laurinda Santos Lobo, sobrinha do Ministro. Laurinda foi uma figura muito importante para o Rio (e Brasil) da década de 20. Ela era uma importante mecenas e fez da sua casa um ponto de encontro do Modernismo carioca. Ou seja, ali naquele palacete se encontravam Tarsila do Amaral, Villa Lobos e outros artistas.

Quando Laurinda morreu em 1946 sem deixar herdeiros, sua casa ficou abandonada. Foram 47 anos de abandono para transformar o palacete em ruínas. Reza a lenda que foi moradia de traficantes, bandidos e que levaram tudinho de lá, até as maçanetas. Em 1993 o governo tombou o espaço e em 1997 o local passou por uma mega reforma para se tornar o Parque das Ruínas. A ideia de preservar a estrutura traz o toque de magia e história de lá.

Mas fora isso, o Parque fica em Santa Teresa. Ou seja, tem uma vista daquelas, padrão Rio de Janeiro, para qualquer um ficar de boca aberta (e de Instagram cheio de fotos).

Lá é um centro cultural com muitas atividades interessantes. Eles têm uma página no Facebook que divulga os eventos futuros. Mas mesmo sem ter programação o local vale uma visita. Tem um café delicioso para um lanche da tarde. E fica pertinho do Largo das Neves em Santa, um must go do Rio. Ou seja, aproveita o dia em que você for almoçar em Santa Teresa e dá um pulo no Parque das Ruínas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Como chegar: Pegue um ônibus na esquina das ruas Gomes Freie e Riachuelo, na Lapa. Ou pegue um taxi.

Anúncios

2 responses to this post.

  1. […] dei dicas aqui no blog do Parque das Ruínas. E também do Largo dos Guimarães, onde a maioria das opções de comida […]

    Responder

  2. […] dei dicas aqui no blog do Parque das Ruínas. E também do Largo dos Guimarães, onde a maioria das opções de comida […]

    Responder

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: